A libertação dos judeus no Ocidente (1776-1897)

Atualizado: 9 de Mai de 2018

Nosso objetivo é tentar discernir, nos “destroços” do século XIX, as lógicas possíveis, propostas no âmbito dos meios judaicos de então, para engendrar novas agregações ou projetos. Para tanto, partimos do princípio de que os judeus estavam inseridos em um grande conflito ideológico fundador: por um lado, certas utopias ainda não totalmente definidas, mas que insistiam na crença em torno da igualdade humana, sua liberdade e novas perspectivas de autonomia; por outro, forças que ainda acreditavam serem neces- sárias formas de hierarquização e desigualdade para organizar a sociedade e disciplinar o ser humano.


Leia o texto completo aqui.



20 visualizações
  • SoundCloud ícone social
  • Facebook ícone social
  • d499bf9074133db295373575066f97e4_1562267
  • academia_edited
  • YouTube Social  Icon
  • DR_IR_simbolo_final_c-05

© 2020 by Edgard Leite