top of page

Com integrantes do comitê assessor da FAPERJ para os Centros Tecnológicos


Edgard Leite reunido com integrantes do comitê assessor da FAPERJ responsável pelo programa político-pedagógico dos Centros Tecnológicos. Da esquerda para a direita: Antonio Silva Neto, Flávia Pereira, Rosana Pinto e Silene Ribeiro. Os Centros Tecnológicos funcionarão, inicialmente, em oito municípios do Rio de Janeiro e promoverão atividades formativas diversas nas áreas de tecnologia e inovação.

Os Centros Integrados de Pesquisa, Tecnologia e Inovação são equipamentos realizadores de uma política publica, de Estado, focada na formação e consolidação de um ecossistema de ciência, tecnologia e inovação no Estado do Rio de Janeiro.

As salas de aulas e auditórios estão preparados para receber cursos presenciais e à distância, em diferentes níveis de formação, bem com atividades diversas ligadas ao desenvolvimento de uma cultura científica na sociedade.

Os Centros estão aptos ao desenvolvimento de atividades de pesquisa, básica ou aplicada, em seus laboratórios. Estes igualmente disponíveis para o papel de laboratórios didáticos que possam servir em cursos profissionalizantes ou atividades de iniciação e difusão científica.

9 visualizações

Comments


bottom of page